Mês: novembro 2016

Não sei rezar

Não sei rezar

Sobre o acontecido no trágico acidente da delegação da Chapecoense, eu gostaria de transmitir a minha solidariedade às vitimas e os familiares, além da comunidade.

Estou na estrada do jornalismo esportivo há mais de 30 anos, e nunca imaginei que algo parecido pudesse ocorrer na minha caminhada. Mas a vida deve continuar.

Pelo menos, é assim que penso. Não tem outra maneira de seguir. Um forte abraço aos profissionais que conviveram pessoal ou profissionalmente comigo na Dupla.

15311460_1439775562754981_189019617_oO meu maior respeito: Mário Sérgio Pontes de Paiva, Caio Junior, Ânderson Paixão, William Thiego, Dener, Matheus Biteco, Josimar e Filipe Machado.

Não sei rezar. Mas acredito numa força maior. Quem sabe uma energia. Talvez, possa ser Deus. Então, que Deus abençoe a todos.

O futebol mundial está de luto

O futebol mundial está de luto

Que tragédia inacreditável, Chapecoense e sua delegação caem do avião que levaria o clube para disputar a final da Sul-americana! Intransponível, indescritível e triste.

Todas as notícias estão sendo divulgadas em combinação com a rádio Gre-Nal e o Sbt. O futebol mundial está de luto.

Opinem.

 

Vitória e ou Sport não podem mais vencer os seu jogos

Vitória e ou Sport não podem mais vencer os seu jogos

POST DO NOSSO COMENTÁRIO NO SBT RIO GRANDE – SEGUNDA EDIÇÃO

Está começando uma semana decisiva e de extrema importância na história do futebol gaúcho. Jamais Grêmio e Internacional estiveram em momentos tão opostos.

O Grêmio a um passo do pentacampeonato da Copa do Brasil e o Inter muito próximo da segunda divisão, com mais de oitenta por cento de chances de rebaixamento.

Aliás, a situação colorada é a seguinte: é imprescindível que o Inter vença o seu jogo. A partida está marcada para domingo, no Maracanã, às17h.

Mas não basta derrotar o Fluminense. Isso porque há duas alternativas para escapar da degola, sempre, se o inter ganhar do Fluminense.

A primera delas: torcer para o Sport não vencer o Figueirense, em Recife. Ou torcer para a equipe de Argel Fucks não vencer os dois jogos restantes até o final.

Lembrando que o Vitória, da Bahia, tem um compromisso, nesta segunda, com o Coritiba, no Paraná. Fechando a trigésima sétima rodada do brasileiro.

Em resumo: além de vencer no último jogo, o Inter terá que secar que Vitória e ou Sport não vençam os seus “inimigos” até o final do campeonato.

Opinem.

EDITADO: Coritiba 0 x 1 Vitória. O clube baiano praticamente assegurou a sua permanência na série A.

Inter ganha e segue vivo

Inter ganha e segue vivo

Não tinha outra coisa a ser feita. Isso porque na qualidade técnica, especialmente, pelo momento de tensão e nervosismo, o Inter somente poderia se salvar na raça.

O blogueiro continua não achando o time ruim.  Acontece que os jogadores estão jogando com um peso tremendo nas costas. O gol de Valdívia foi um golaço. Uma pintura.

A equipe do Vitória e outras do mesmo nível têm bagagem de segundona. O Inter está vivendo um show de horrores e, por isso, tudo fica ainda mais complicado.

Lisca foi um espetáculo diferente. Parecia um torcedor na margem do gramado. Sobre o suposto toque de Alex, a bola bateu no rosto do jogador colorado, nos acréscimos.

Pergunta: vocês ainda acreditam?

Vitinho voltou a fazer parte do grupo colorado

Vitinho voltou a fazer parte do grupo colorado

O vice de futebol do Internacional, Fernando Carvalho, chegou até mesmo a pensar na hipótese de dispensar Vitinho. Mas repensou o caso, e ele estará à disposição.

Se ele reunir condições físicas, ficará no banco de reservas. A ideia é colocá-lo no banco, ao lado de Sasha e Valdívia. Na frente, o time deverá ter Nico López.

O argentino Ariel é outro nome que chegou a ser cogitado como titular, desde o início. No entanto, o centroavante ainda não reúne condições para atuar por noventa minutos.

Um provável Inter: Danilo Fernandes, William, Paulão, Ernando e Gefferson. Anselmo, Dourado, Alex, Anderson(Vitinho), Seijas. Nico López.

 

 

Apesar da expulsão, Pedro Rocha foi o grande nome da vitória gremista

Apesar da expulsão, Pedro Rocha foi o grande nome da vitória gremista

POSTADO INSTANTES APÓS ATLÉTICO MINEIRO 1 X 3 GRÊMIO

Pedro Rocha foi o grande nome da extraordinária vitória gremista em cima do Atlético Mineiro pelo jogo de ida da Copa do Brasil. Ele marcou os dois primeiros gols da equipe.

O Grêmio fez uma belíssima partida no Mineirão. Renato Portaluppi está de parabéns, também, por ter acreditado no talento do jovem atacante tricolor, apesar da expulsão.

Aliás, faltou experiência ao menino. O segundo cartão amarelo, certamente, prejudicou e o clube precisa dar força para uma recuperação emocional do jogador.

De qualquer maneira, os atleticanos estão até agora tentando entender o que aconteceu. O técnico do Galo foi muito ofensivo e sem presença de marcação no meio campo.

Por outro lado, Renato repetiu a formação que todos estão acostumados a ver. Tocando a bola, bem postado e equilibrado. Não fosse a expulsão, o placar poderia ter sido maior.

O gol de Gabriel, do Atlético Mineiro, foi na pressão e surgiu através de um erro de arbitragem. Por isso, o terceiro gol marcado por Éverton recolocou a justiça do placar.

Além de Pedro Rocha, tiveram ótimas atuações os dois zagueiros e os três volantes. Douglas e Luan tiveram participações discretas.

Pergunta: com a vitória de 1 x 3, o Grêmio já pode comemorar o título, após 15 anos de espera?

Opinem.

Todas as vitórias do Grêmio em Minas

Todas as vitórias do Grêmio em Minas

– Estádio Independência: 4 vitórias

1ª) 18/10/1959 – Taça Brasil – Grêmio 4 x 1
2ª) 22/05/1960 – Amistoso – Grêmio 2 x 0
3ª) 29/05/1960 – Amistoso – Grêmio 4 x 0
4ª) 26/05/2016 – Brasileirão – Grêmio 3 x 0

– Arena do Jacaré, Sete Lagoas (MG): uma vitória

1ª) 26/09/2010 – Brasileirão – Grêmio 2 x 1

MINEIRÃO: 4 vitórias

1ª) 18/03/1984 – Brasileirão – Grêmio 1 x 0
2ª) 07/07/2007 – Brasileirão – Grêmio 1 x 0
3ª) 09/08/2008 – Brasileirão – Grêmio 4 x 0
4ª) 13/08/2015 – Brasileirão – Grêmio 2 x 0

Daison Sant’Anna

 

A definição do título, depende do jogo de ida

A definição do título, depende do jogo de ida

Para o jogo de ida, o Atlético tem um ligeiro favoritismo. No entanto, a definição do título da Copa do Brasil, vai depender do tamanho da vantagem inicial.

O Grêmio terá que jogar com inteligência. Se houver uma derrota que seja por um placar mínimo, apesar de não existir, nas finais, o saldo qualificado.

Portanto, tanto faz se a derrora for com vários gols do visitante. Tipo: 5×4; 4×3; 3×2 ou até mesmo um 2×1.

Ou seja, dependendo da derrota, é aceitável para as pretensões do Grêmio. O Atlético  Mineiro é uma equipe que costuma marcar muitos gols, dentro e fora de casa.

A torcida atleticana promete dar um show nesta quarta, no Mineirão, para a primeira partida da final. Serão mais de 60 mil torcedores presentes. E terá um grande mosaico.

Será uma iniciativa para impressionar os atleticanos e visitantes. Uma figura de 360 graus, circulando todo o anel superior do Mineirão,  dará um colorido especial no estádio.

Todos os detalhes estarão sendo informados tanto pelo Café com Futebol, como pelo Sbt Esporte. A apresentadora Débora de Oliveira estará ao vivo no palco do espetáculo.

Opinem.

Internacional está agonizando

Internacional está agonizando

POSTADO IMEDIATAMENTE APÓS CORINTHIANS 1 X 0 INTERNACIONAL

O Internacional pode ser rebaixado na próxima rodada do campeonato brasileiro (penúltima), dependendo dos resultados combinados entre o time gaúcho e o Vitória.

Se o Inter perder para o Cruzeiro, no domingo, em casa, bastará um empate para o Vitória garantir a última vaga entre os times de elite do futebol brasileiro.

A situação é praticamente insustentável. A equipe gaúcha está totalmente desequilibrada emocionalmente. Nesta terça, no Café com Futebol, vamos debater o assunto.

 

Com um destaque sul-africano, Grêmio voltou a vencer no Brasileiro

Com um destaque sul-africano, Grêmio voltou a vencer no Brasileiro

POSTADO IMEDIATAMENTE APÓS GRÊMIO 3 X 0 AMÉRICA MINEIRO

O Grêmio parecia muito mais preocupado com os acontecimentos do Barradão do que  com a Arena. A cada gol do Vitória, o torcedor vibrava como se fosse do seu próprio time.

Os gremistas estão focados, além da final da Copa do Brasil, com o rebaixamento do Internacional, que a cada rodada fica com a situação mais complicada.

O América-MG, em casa, pelo Campeonato Brasileiro, foi uma presa fácil para os reservas do Grêmio, que fizeram três a zero.Gols de Fred, Negueba e Bolaños.

Nem mesmo o zagueiro Kannemann, que não atuou diante do São Paulo, na quinta-feira, por estar suspenso, não foi a campo. O argentino não joga desde o dia 7 de novembro.

Neste domingo, com a vitória sobre o lanterna, o time gaúcho voltou a vencer no certame. A última vez tinha sido contra o Atlético Paranaense, dia 13 de outubro, vitória por um gol.

Me chamou a atenção, além dos gols, a jogada do sul-africano, Ty Sandows, que redundou no terceiro gol gremista, depois de passe perfeito para Bolaños marcar.

E o Inter, cai ou não cai?

Opinem.