Mês: setembro 2016

O melhor Inter é o da torcida

O melhor Inter é o da torcida

No momento, o melhor Internacional deveria começar com Danilo Fernandes; William; Paulão; Ernando e Ceará(Alex).

Eduardo Henrique; Rodrigo Dourado; Seijas(Alex) e Gustavo Ferrareis. Sasha e Vitinho. Bob; Nico López; Valdívia; Aylon e outros, na minha opinião, são reservas.

Mas, dificilmente, Celso Roth concordará coma escalação pensada por mim. O treinador tem as suas convicções e problemas que somente ele sabe avaliar.

De qualquer maneira, a necessidade de vitória continua. Empatar complica demais a situação colorada que vive uma verdadeira copa do mundo.

A participação da torcida, independente do esquema, se 4x4x2; 4x3x3; 4x1x4x1;4x2x3x1; sempre será fundamental e decisiva para o Internacional.

Concordo com o ex-presidente, Fernando Miranda, quando falou no Café com Futebol que o Inter sempre será maior do que qualquer jogador, treinador, dirigente…

Opinem.

Grêmio x Palmeiras

Grêmio x Palmeiras

Na rádio Gre-Nal FM 95,9 nós estaremos debatendo, também, o jogo entre Grêmio e Palmeiras, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

O Café com Futebol começa às 7h10. Antes, às 7h, nós vamos fazer um resumo dos assuntos da Dupla na internet, enquanto a gente aguarda o final do horário eleitoral.

Opinem.

 

Inter perde, mas o resultado e o desempenho foram razoáveis

Inter perde, mas o resultado e o desempenho foram razoáveis

A atuação contra o Santos, apesar de mais uma derrota da equipe colorada, não foi ruim e nem tampouco o resultado. Até pode se dizer que foi um desempenho razoável.

O placar de Santos 2 x 1 Internacional deixa a equipe gaúcha, por incrível que pareça, com consideráveis chances de classificação na partida de volta.

Roth administrou mais uma derrota, desta vez contra o Santos. A turma da televisão chegou a lembrar da partida contra o Fortaleza, pela fase anterior pela Copa do Brasil.

Nesta quarta, não concordei com a saída do uruguaio Nico López. Seijas fez um bonito gol, mas foi pouco pelo que foi apresentado.

O que mais me chamou a atenção foi a declaração do meia esquerda venezuelano, logo depois do final do jogo da Vila Belmiro. Foi uma espécie de desabafo.

Seijas:”com todo o respeito, a situação do Inter é uma merda…estamos vivendo uma grande agonia…temos que fazer uma verdadeira Copa do Mundo contra o Figueirense”.

O inimigo mora ao lado

O inimigo mora ao lado

Antes de qualquer coisa, na minha opinião, o Inter ainda está com consideráveis chances de permanecer na divisão de elite do futebol brasileiro.

Mesmo, após a derrota para o Atlético Mineiro. Acontece que a situação ficará, mais ou menos grave, dependendo dos resultados dos adversários diretos do colorado.

Restam 11 jogos até o final, se o inter ganhar, em torno de 6 partidas, estará fugindo da degola. Hoje, o risco de queda é de mais de setenta por cento.

O desafio é complicado, no entanto, a gente pode lembrar, por exemplo, do Fluminense, de 2009, estão lembrados?

Na época, comandado por Cuca, que tinha apenas um por cento de chance de ficar vivo. E não é que o Tricolor das Laranjeiras ganhou seis dos sete jogos que restavam e escapou?

Agora, tem algo que ninguém disse, nem aqui no sbt, na rádio, além dos nossos espaços. É uma realidade que dificilmente será admitida pelo maior rival.

Observem que o grande inimigo do Internacional, mora ao lado. O Grêmio. Ou vocês acreditam em Papai Noel?

Após os três pontos em cima da Chapecoense, o Grêmio tem motivos de sobra para se dedicar quase que totalmente para a Copa do Brasil em detrimento do campeonato brasileiro.

Não que a turma vai entregar para os concorrentes colorados como são Cruzeiro, Vitória, Figueirense, e sei lá mais quem.

Ah! E tem Gre-Nal, na Arena, dia 23 de outubro. Emoções não vão faltar até o final do famigerado campeonato brasileiro.

Para os colorados o jeito é ganhar, nem que seja por meio a zero. O resto é corneta ou intriga do oposição.

Isso até parece filme de terror

Isso até parece filme de terror

O que vocês acreditam deva ser feito pelo Internacional. Seguem as derrotas e o time não consegue melhorar. Até que o desempenho deu uma melhorada contra o Galo.

Newton Drumond disse que, se sair o Celso Roth, toda direção de futebol estará saindo. E agora, o que dizer? Isso até parece filme de terror!

Opinem.

PS: está falando agora o vice de futebol, Fernando Carvalho. Ele garante a permanência de Celso Roth e o Inter não vai sofrer alterações.

Grêmio fez as pazes com a vitória

Grêmio fez as pazes com a vitória

Se Renato, Espinosa e Preis vão dar certo no Grêmio é outro debate. Já disse que o presidente fez um bom trabalho administrativamente, mas errou nas decisões do futebol.

Por exemplo, faltou convicção, insistência e planejamento para com o ex-técnico Roger, mas a escolha do substituto, apesar do pensamento mágico, foi boa e interessante.

O estilo de vida, de ficar mais tempo na praia curtindo os amigos, não tem nada a ver com a minha opinião. Vale são os desempenhos e ele tem levado numa boa a carreira.

Neste domingo, o time gremista foi bem do jeito que Renato gosta. Forte na marcação, chegou a se utilizar de três zagueiros contra a Chapecoense, e objetivo na frente.

O Grêmio fez as pazes com a torcida gremista, após sete partidas sem ganhar. Luan foi o melhor em campo e o time chegou nos quarenta pontos na tabela de classificação.

Grêmio 1 x 0 Chapecoense teve público pagante: 11.152 presentes. Público não pagante: 1.927 Público total: 13.079 Renda: R$ 319.987,00.

 

Impressiona a falta de vibração dos jogadores

Impressiona a falta de vibração dos jogadores

POSTADO LOGO APÓS O FINAL DE FORTALEZA 1 X 0 INTERNACIONAL

O Internacional perdeu mais uma partida, agora pela Copa do Brasil, sem demonstrar qualquer evolução tática ou técnica sob o comando do experiente Celso Roth.

Impressiona a falta de vibração dos jogadores. Parecem apáticos ou assustados com o iminente risco de rebaixamento para a segunda divisão, no campeonato brasileiro.

Nos bastidores, líderes colorados não escondem a preocupação, e parte dos dirigentes está em dúvida, se a equipe deve permanecer ou afastar o comandante técnico.

Ibsen Pinheiro, na rádio Gre-Nal, deixou claro que em futebol tudo pode acontecer, apesar das entrevistas concedidas pelo vice de futebol Fernando Carvalho, garantindo Roth.

Mesmo assim, parte da imprensa tem especulado em torno de nomes como os de Mário Sérgio, Abel Braga e do jovem treinador Lisca, que foi criado na base do Inter.

Opinem.

Foi um teatro com requintes de crueldade

Foi um teatro com requintes de crueldade

Por inúmeras vezes me manifestei contrário a grande maioria dos dirigentes da Dupla. Não gosto do jeito que eles fazem gestão. Vejo muita politicagem ao invés de dedicação.

Poderia se dizer da falta de competência dos clubes, com raras exceções no Brasil. Talvez, seja uma maneira equivocada do repórter questionar a nossa realidade, também.

O certo é que o futebol gaúcho está atravessando um dos piores momentos, inclusive, dos dois maiores clubes do Estado. Lamento pelo torcedor apaixonada e que sofre.

Sobre a tuitada errada de ontem, quero esclarecer: fiz duas manchetes prévias. Uma anunciando a classificação gremista, e outra, a eliminação, pela Copa do Brasil.

 

A gafe do ano

Para quem sabe como a gente trabalha no blog, temos a consciência de que corremos riscos. Exatamente como aconteceu na manchete de Grêmio e Atlético Paranaense.

A pressa é rotineira entre nós e somente quem não nos acompanha constantemente fica surpreso ou indignado. O resto é papo para boi dormir, com todo o respeito.

Apesar dos pesares, quero dizer que a classificação gremista não deverá dar em muita coisa, é o tipo da classificação que vai do nada a lugar nenhum.

Como disse um dos nossos comentaristas: “o time mostrou que não tem a menor condição de seguir em frente. Foi um teatro de horrores com requintes de crueldade”.

Opinem.

Grêmio perde na estreia de Renato, mas ganha nos pênaltis

Grêmio perde na estreia de Renato, mas ganha nos pênaltis

Está muito complicado para o futebol gaúcho. Nesta quarta, foi a vez do Grêmio decepcionar o torcedor gremista. O time perdeu o jogo e teve que decidir nos pênaltis.

Lembrando que o Grêmio venceu em Curitiba por um a zero, mas perdeu no jogo de volta, aqui na Arena, pelo mesmo placar, gol de André Lima, após falha de Grohe.

A equipe gremista, apesar da péssima estreia de Renato Portaluppi, nos noventa minutos, conquistou a vaga nas quartas-de-final ao vencer nos pênaltis do Atlético/Pr.

Opinem.

 

Acorda, Conselho!

Acorda, Conselho!

“Coloradas e Colorados de todo o mundo

O caminho que estamos trilhando, não por obra do acaso, não por desaviso, mas por responsabilidade do grupo que mantém a hegemonia na Diretoria e Conselho Deliberativo há mais de 10 anos, é desesperador. A crítica situação no futebol em que estamos submetidos e as perspectivas exigem ATITUDES EMERGENCIAIS E CORAJOSAS.

As absurdas atitudes da gestão, a arrogância que ignorou qualquer noção do bom senso e passou até por sobre o Estatuto do clube estão cobrando o seu preço. Mas o torcedor não merece pagá-lo.

O Acorda, Conselho! justificando sua trajetória e seguindo sua linha colaborativa, vem manifestar total inconformidade bem como apontar caminhos para sairmos desta incômoda situação.

As declarações oficiais no pós-jogo indicam o completo despreparo e desconhecimento das reais necessidades que o momento exige. Individualizando responsabilidades em um esporte sabidamente coletivo, os atuais comandantes potencializam sua incapacidade de reverter a situação. Quem conhece Vestiário (ainda mais um em que até o motivador se desmotivou) sabe o quanto isso é imperdoável.

Exigimos, assim, a reestruturação imediata do departamento de futebol, com eliminação máxima de cargos políticos dentro do organograma e reformulação total do departamento. Em resumo pedimos:

* Desligamento do profissional Celso Juarez Roth da função de Orientador Tático.

* Imediata demissão do profissional Newton Drummond (chumbinho), que nem deveria ter sido contratado

* Imediato afastamento de suas funções do Deputado Ibsen Vahls Pinheiro

* Imediato afastamento do Vice de Futebol, empresário Fernando Carvalho

* Contratação de um Profissional reconhecidamente capaz para o cargo de Coordenador Técnico do Departamento de Futebol

* Buscar soluções dentro do próprio clube para chefiar a Comissão Técnica até o final da temporada

Além disso, é fundamental que em todas as demais 6 partidas no Beira-Rio tenham acesso por preço simbólico, lotando o estádio e conseguindo os 18 pontos necessários.

A Diretoria nos colocou nesta grave situação, só o torcedor pode nos tirar. As contas, acertamos em dezembro, na eleição, no voto.

Porto Alegre, 20 de setembro de 2016!

Acorda, Conselho!”