Mês: março 2016

Grêmio goleia e garante primeiro lugar

Grêmio goleia e garante primeiro lugar

Por compromissos profissionais fora futebol, não poderei estar analisando aqui todo o jogo de Passo Fundo e Grêmio.

Vi o primeiro tempo e foi um passeio gremista. Virou quatro a zero e poderia ter sido mais elástico ainda o placar.

A penúltima rodada desta fase de classificação, no intervalo do enfrentamento gremista, apresentou os seguintes resultados:

Cruzeiro-RS 1 x 1 Ypiranga
Juventude 2 x 2 N. Hamburgo
Lajeadense 0 x 0 Veranópolis
São José 2 x 1 Glória
Aimoré 0 x 0 São Paulo-RS

O Aimoré já está rebaixado e o Grêmio garantido na primeira colocação. No final de semana, a gente vai saber das demais definições do certame.

A equipe do Internacional joga nesta quinta contra o Brasil de Pelotas, no Beira-Rio, fechando a penúltima rodada.

No domingo, acontecem o restante dos compromissos, todos marcados para às 16 horas, sendo que o Inter poderá escolher os seus adversários, como no post anterior.

Opinem.

Inter pode provocar Gre-Nais nas semifinais

Inter pode provocar Gre-Nais nas semifinais

O narrador Pedro Ernesto, da rádio Gaúcha, foi muito feliz quando analisou a seleção brasileira contra o Paraguai e a atual fase.

“Se o melhor técnico do futebol brasileiro treina o Corínthians, como vou exigir do time do Brasil o melhor futebol?”.

É mais ou menos por aí. O que é outra demonstração da falta de seriedade da CBF e tudo que está no entorno da seleção de Gilmar Rinaldi e Dunga.

Tchê, parece que está tudo virado de cabeça para baixo, há uma crise institucional no Brasil de uma forma geral e a vontade que dá é de largar tudo e fugir para…

Mas me permitam falar de algo bom. O SBT ESPORTE. Nesta quarta, o Morel fez uma matéria abordando algo que o calendário espremido poderá favorecer o Inter.

Me refiro ao campeonato gaúcho. O Grêmio joga logo mais à noite e, se empatar, ficará fora do alcance do maior rival.

Sendo assim, a direção colorada e a comissão técnica poderão decidir pelo caminho mais fácil em termos de enfrentamentos futuros.

Especialmente se a gente admitir que o certame possivelmente seja definido em dois clássicos Gre-Nais. Acompanhem o raciocínio logo abaixo.

Se o Inter ficar na colocação que está na atualidade, 4ºlugar, e passar da próxima fase, poderá encarar o Grêmio dividido, caso o Tricolor também classifique em primeiro.

Acontece que o Grêmio terá um jogo antes e outro logo depois do primeiro jogo decisivo da etapa de semifinais do Gaúcho, jogos válidos pela Libertadores.

Jogos contra LDU, fora,  e Toluca, Arena. Não teria como atuar sempre com o time titular e seria uma vantagem considerável para o Internacional.

Pensem nisso e opinem a respeito.

 

A confraria que dirige o escrete canarinho

A confraria que dirige o escrete canarinho

Evidentemente que houve, no mínimo, um erro de avaliação da CBF ao aceitar a sugestão da comissão técnica de vir treinar aqui em Viamão.

Realmente fica muito difícil torcer para a seleção brasileira comandada pela dupla Gilmar Rinaldi e Dunga. Cada vez me convenço mais que precisamos secar o Brasil.

Digo com tristeza do meu desejo por um fracasso nas atuais Eliminatórias ao Mundial da Rússia de 2018.

Apesar de ter a consciência da dificuldade de acontecer um vexame histórico, é o que o nosso futebol atual merece.

Mas pensando bem,  se o Equador e o Uruguai se mantiverem bem, e  Chile, Argentina e Colômbia crescerem, posso ter ainda alguma esperança da Canarinho de fora.

Ainda mais quando descobri que o auxiliar momentâneo de Dunga, o ex-jogadaor Lúcio, é investidor do Hotel Vila Ventura, onde ficou o escrete verde e amarelo.

Uma coisa é o Dunga treinar o Inter. Outra bem diferente é a seleção brasileira. Ou alguém acredita que o Vila tem mais estrutura que a Granja Comari? Hein?

Em um país sério uma seleção nacional não se hospedaria em um hotel cujos proprietários possuam vínculos com a dita seleção, disse um seguidor.

E ele segue: “sem a menor cerimônia a confraria que dirige o escrete canarinho, além de bizarras convocações, se instalou em Viamão.

Para que serve a Granja Comari de propriedade da CBF? Vivemos tempos bicudos em que jacaré está nadando de costas para não dar chances ao azar.

Creio que Dunga e seus confrades não estão nem aí para a diferença entre ser e parecer. Se alguém enxerga isso tudo com a maior naturalidade, eu não.”

Opinem.

 

 

 

O lateral que o Grêmio quer

O lateral que o Grêmio quer

Respeito mas discordo da decisão do técnico Roger a respeito da escalação de Marcelo Oliveira na partida diante do Lajeadense.

O grande jogo do ano gremista é mesmo na montanha contra a LDU, em Quito. Marcelo Hermes já é bem mais ou menos e sem ritmo poderá se tornar mais menos do que mais.

Me disseram que Roger queria limpar os cartões amarelos do titular. No entanto, isso pode ser feito em poucos minutos. Não durante um jogo inteiro.

A mesma coisa pode ser dita sobre Maicon, no meio campo. Se o capitão não vai estar à disposição nas alturas, por qual razão não dar mais sequência ao substituto?

A vitória de goleada em cima do Lajeadense não foi nada além do que a obrigação. O Lajeadense não contava com meio time e o placar foi uma consequência.

Não gostei de Douglas e Lincoln juntos. Para mim, ou joga um ou o outro. Jamais admitiria Lincoln no lugar de Éverton, algo que está sendo especulado por alguns.

Walace é o principal nome do meio campo. Até o Ramiro está crescendo na função de lateral direito, apesar da baixíssima estatura.

Ah! Fiquei sabendo que a direção está tentando um novo lateral direito, além de Walace Oliveira. Seria um jogador experiente e para a titularidade.

Me passaram o nome, mas é melhor eu não revelar, agora. Posso garantir que se trata de um ótimo jogador, com liderança, apesar de desconhecer a atual forma física dele.

Opinem.

 

 

 

Inter ganha a primeira no mês de março

Inter ganha a primeira no mês de março

O tema de casa foi feito e o Internacional finalmente ganhou uma partida de futebol no atual mês de março.

Fez quatro a dois em cima do Novo Hamburgo com gols de Sasha, Paulão, Ânderson e Vitinho (cobrando pênalti). O adversário descontou com Ânderson Paraíba e Robinho.

Apesar da goleada, algumas situações precisam ser ditas. A primeira delas é que Muriel não tem condições de ser o titular depois da saída do seu irmão.

Sofreu dois gols de bolas defensáveis, sem contar um dos gols do Fluminense, no meio de semana, quando o goleiro tomou por meio das pernas.

O meio campo segue devagar. Não conseguiu envolver o frágil Novo Hamburgo durante todo o jogo. Ânderson fez uma razoável apresentação.

Fez passe para gol, teve uma movimentação mais intensa, e acabou marcando um dos gols da vitória.

Agora, o time chegou na quarta colocação na classificação geral do Gauchão e ganha tranquilidade para o restante dessa fase de classificação.

Foi o antepenúltimo compromisso do Inter e a tensão da semana foi colocada de lado, pelo menos, por enquanto.

O público total foi de 8.240 pessoas. Próximo jogo será na quinta diante o Brasil de Pelotas, no Beira-Rio.

Opinem.

 

Que bom seria o Brasil de fora de um mundial

Que bom seria o Brasil de fora de um mundial

Que bom seria a seleção brasileira de fora de uma Copa do Mundo para que o país do futebol tivesse a chance de se reinventar em todos os aspectos.

Mas a gente sabe que o Brasil tem uma síndrome patriótica muito aflorada com relação ao futebol. É quase um “ame-o ou deixe-o” ou um “torça ou não encha nosso saco”.

A equipe está mal das pernas, a CBF segue envolvida em inúmeros casos de corrupção e o estádio continua do mesmo jeito: cheio e cantando com orgulho.

A visão de muitos torcedores com a seleção é tão míope quanto a apresentada pelos torcedores mais fanáticos de Grêmio e Internacional que se iludem a cada jogo.

O futebol pode explicar muitas coisas que ocorrem também na nossa política partidária.  As suspeitas de corrupção estão no ar e os discursos são semelhantes.

Nesta sexta, o Brasil empatou em casa com o Uruguai pelo placar de dois a dois, sendo que a Celeste só não ganhou por causa do goleiro colorado Alisson.

Neymar desfalca o time na próxima partida. Se a gente fizer cálculos de secador da seleção, vai ver que, se o Brasil perder para o Paraguai, poderá cair para 7º lugar.

Que momento lindo, hein? Opinem.

 

 

Internacional empata com o Flu mas é eliminado nos pênaltis

Internacional empata com o Flu mas é eliminado nos pênaltis

PUBLICADO LOGO APÓS FLUMINENSE 2 X 2 INTERNACIONAL

O Internacional diante do Fluminense foi o retrato de seus dirigentes e comissão técnica. Instável nos aspectos técnicos, táticos, físicos, emocionais e gerenciais.

Defendi a presença de Argel no ano passado, mas agora está muito difícil de justificá-lo. É um profissional ainda despreparado para o Inter.

O vice de futebol Carlos Pellegrini, também, precisa melhorar muito para chegar num estágio razoável de comando.

Mas futebol é resultado e como o time empatou nos noventa minutos em dois a dois e só perdeu nos pênaltis por 3 x 2 nada deverá mudar.

Ou você pensa diferente? Acredita que o presidente Piffero vai tomar alguma decisão mais drástica e demitir treinador e vice de futebol?

No caso de acreditar que Argel deva ser substituído, qual seria o nome preferido para o lugar do ex-zagueiro colorado?

– Marcelo Oliveira – Eduardo Baptista – Celso Roth – Outro nome não citado.

Opinem.

 

 

 

Argel é pressionado e Alex volta a ser capitão do Inter

Argel é pressionado e Alex volta a ser capitão do Inter

Argel está mesmo pressionado. De todos os lados, inclusive, pelos jogadores mais experientes do grupo.

Há poucos dias informamos de que ele e o Alex tinham discutido no vestiário. O meia acabou na reserva e desprestigiado pelo técnico nos jogos que se sucederam.

Agora, depois de tentar uma solução sem Alex e fracassar, são três empates consecutivos pelo Gauchão, Argel volta a esquentar Alex entre os titulares.

Não sei ainda no lugar de quem Alex vai entrar. Algumas fontes dão conta de que Alex e Ânderson devem jogar juntos na decisiva partida desta quarta contra o Fluminense.

Isso porque os mais novos estariam sentindo o peso da camiseta e  um novo esquema de jogo pode estar sendo preparado para o desafio da Primeira Liga, no Distrito Federal.

O zagueiro Réver de volante foi descartado. Argel disse que o zagueiro somente será improvisado apenas em casos extrema necessidade.

“Testamos uma forma diferente. Vamos mudar a nossa maneira de jogar”, afirmou. O certo é que a equipe não vai contar com 3 titulares: Alisson, Paulão e Rodrigo Dourado.

Opinem.

Quarta decisiva para o Internacional

Quarta decisiva para o Internacional

Olha, será uma quarta feira decisiva para o técnico colorado Argel Fucks. Não somente por causa do caráter eliminatório da partida válida pela Primeira Liga entre Fluminense x Internacional.

Mas, também, por causa da pressão que Argel passou a ter de forma mais intensa, após mais um resultado decepcionante pelo Campeonato Gaúcho.

Contra o Lajeadense, foi o terceiro empate consecutivo, sendo que, nos últimos cinco jogos, ganhou apenas do Juventude, empatou três e perdeu uma, de virada para o Veranópolis, no Beira-Rio.

Uma parte dos dirigentes está preocupada com o desempenho da equipe que aparece na quinta colocação do campeonato estadual e, agora, a cinco pontos do maior rival.

Provalmente, se houver Gre-Nal nas finais, o segundo e decisivo jogo será na Arena.  Para os alguns conselheiros do presidente Piffero, pouco importa o fato da juventude da equipe.

Igualmente desprezam ainda a chamada fase de transição, além da ausência de um substituto que possa somar a mesma liderança técnica e emocional exercida antes pelo argentino D’Alessandro.

Hoje fiz algumas ligações e consegui falar com um jogador importante do grupo de profissionais do Inter. Ele prefere não ser identificado e garante estar preocupado com o coletivo.

Segundo o jogador, o ambiente está tenso e os jovens estão sentindo a responsabilidade de dar sequência ao trabalho realizado no ano passado. “A camisa está pesando”.

Ainda mais em se considerando que fazia quase dez anos que o colorado não tinha um início de ano tão fraco em termos de desempenho.

Algo realmente preocupante porque logo ali vai começar a disputa do Brasileirão e da Copa do Brasil, inegavelmente, as duas competições mais interessantes de toda a temporada.

Mas nós sabemos que futebol é fundamentalmente resultado. Uma vitória em cima do Fluminense, certamente, vai acalmar o ambiente e a garotada readquirir parte da confiança.

O maior exemplo pode estar justamente no grande rival que, na semana passada,  tinha empatado com o San Lorenzo e tendo que jogar fora de casa para decidir o seu futuro no grupo 6.

E com o andar da carruagem, o Grêmio foi lá,  empatou sabe-se lá de que maneira,  ganhou, depois, do Ypiranga, Lincoln fez um golaço de “chaleira” e o time passou a ser de novo candidato ao título sul-americano.

Ou estou exagerando?

Grêmio vence e chega a liderança do Gauchão

Grêmio vence e chega a liderança do Gauchão

PUBLICADO IMEDIATAMENTE APÓS YPIRANGA 1 X 2 GRÊMIO

Com gols de Pedro Rocha e Lincoln, o Grêmio ganhou do Ypiranga, em Erechim, pela décima rodada do campeonato gaúcho.

Aliás, o gol do garoto Lincoln foi algo de se rever umas cem vezes, tal a plasticidade do lance. Foi a chamada “chaleira” para superar o bom goleiro Carlão.

A equipe, com o resultado, chegou a liderança, um ponto na frente do São José e do Juventude, que vinham ponteando a competição.

O gol dos donos da casa foi marcado contra através de um lance de infelicidade do zagueiro Fred. Placar final: Ypiranga 1 x 2 Grêmio.

Walace foi a grande novidade. O time deverá mudar para melhor com a entrada dele no meio campo gremista.

O comentarista Cassiá Carpes, já tinha falado a respeito da importância do volante, quando da lesão e consequente ausência na Libertadores.

Sugiro do meio pra frente o seguinte time titular: Walace, Maicon, Giuliano, Lincoln, Pedro Rocha e Luan.

Mas é apenas uma sugestão. Seria legal que vocês dessem, também, a opinião de cada um dos meus comentaristas preferidos.

Próximo compromisso gremista será em casa diante do Lajeadense. A equipe tem tudo para se manter na liderança e decidir as fases seguintes nos seus domínios.

*Tabu: Grêmio não perde para o Ypiranga em ERECHIM desde 1994 (2×1). São agora 8 jogos de invencibilidade com 4 vitórias do Grêmio e 4 empates.

*Último jogo até hoje: Ypiranga 0 x 1 Grêmio – Colosso da Lagoa – 11/03/2015 – Gol: Giuliano 27 do 1ºT.

– Destaque do jogo: Felipão foi expulso por reclamar de uma marcação do árbitro Franciso Neto.

Ao deixar o reservado, o técnico do Grêmio disse ao árbitro:
– Tu és colorado, tu és colorado.

Obs: as informações em negrito são do historiador Daison Sant’Anna.

Opinem.

.